Publico por: Pedra Branca News | Publicado terça-feira, 3 de maio de 2016 | Marcadores , , | Comentários 0 comentários
O Jornal O Globo traz nesta segunda-feira (2) que Dilma Rousseff poderá enviar ao Congresso uma proposta de emenda constitucional para convocar novas eleições em outubro deste ano. O texto assinado por Jorge Bastos Moreno, Maiá Menezes e Cristiane Jungblut chama o gesto de “cartada final pelo grupo da presidente”.

Segundo o jornal, não são todos os ministros que aceitam a ideia. A publicação traz ainda que a presidente poderá fazer um pronunciamento nesta semana, em rádio e TV, para lançar a proposta de eleições em outubro.

Dilma Rousseff poderá ser afastada por 180 dias, a partir de 11 de maio, após a votação do processo de impeachment no Senado, quando o vice-presidente Michel Temer deverá assumir interinamente. 

Fonte: Portal Correio
Publico por: Pedra Branca News | Publicado | Marcadores , | Comentários 0 comentários
A 4ª Vara Criminal de São Paulo remeteu ao juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, o pedido de prisão preventiva do ex-presidente Lula e a denúncia contra o petista por lavagem de dinheiro e falsidade ideológica no caso do tríplex de Guarujá (SP). 

Os autos foram enviados pela juíza Maria Priscilla Ernandes Veiga Oliveira na última quinta-feira, após ela negar recursos contra a decisão na qual declinou da competência para o juízo que centraliza a Operação Lava Jato, no Paraná, proferida há mais de um mês. 

A posse do tríplex reformado pela construtora OAS para Lula e a ex-primeira-dama Marisa Letícia era investigada pelo Ministério Público de São Paulo, em inquérito decorrente do caso Bancoop, e pelo Ministério Público Federal na Lava Jato. 

A juíza entendeu que os crimes são de âmbito federal e podem estar relacionados ao esquema de corrupção na Petrobras. Caberá a Moro agora decidir se aceita a competência e acata ou não o pedido de prisão e a acusação formal. 

O ex-presidente também é investigado em outras frentes da Lava Jato, a apuração ocorre sob o crivo do Supremo Tribunal Federal, por causa de citações a parlamentares e ministros com foro privilegiado. Como a nomeação de Lula foi suspensa pelo Supremo, ele permanece sem a prerrogativa.

Fonte: Veja
Publico por: Pedra Branca News | Publicado | Marcadores , , , | Comentários 0 comentários
Os fenômenos que estão acontecendo em uma residência na comunidade rural da cidade de Boa Ventura, no Sertão da Paraíba têm atraído a atenção dos veículos de comunicação de todo o País. O ‘caso das pedras que estão sendo lançadas no telhado do imóvel’ veio à tona após o Portal MaisPB publicar, com exclusividade, matéria sobre o assunto.

O site "Assombrados", que aborda casos de paranormalidade no país, repercutiu a publicação e destacou o fenômeno.

A família que reside na casa revelou que até o momento não foram detectados os motivos desses eventos. Os últimos acontecimentos estão dividindo a sociedade. Uns acham que são crianças praticando brincadeiras de mau gosto e outra corrente acredita na ocorrência de efeitos paranormais.

A Polícia Militar foi até o local e efetuou várias rondas na região, mas não identificou possíveis responsáveis pelos eventos.

O padre Djacy Brasileiro se solidarizou com os transtornos que essa família vem sofrendo e foi até o local investigar o caso. “Não descarto a possibilidade desses acontecimentos estarem ligados a como eventos, como a telergia, em que a mente tem o poder de movimentar objetos”, comentou.

Na última semana, uma missa foi realizada na residência.


Fonte: MaisPB
Publico por: Pedra Branca News | Publicado | Marcadores , , | Comentários 0 comentários
Após a determinação judicial que tirou o Whatsapp do ar nesta segunda-feira (2), a empresa afirmou que a decisão do juiz Marcel Montalvão, da comarca de Lagarto (SE), pune 100 milhões de brasileiros. A companhia também disse estar desapontada com o parecer.

"Depois de cooperar com toda a extensão da nossa capacidade com os tribunais brasileiros, estamos desapontados que um juiz de Sergipe decidiu mais uma vez ordenar o bloqueio de WhatsApp no Brasil", afirmou, em comunicado.

"Esta decisão pune mais de 100 milhões de brasileiros que dependem do nosso serviço para se comunicar, administrar os seus negócios e muito mais, para nos forçar a entregar informações que afirmamos repetidamente que nós não temos", segue o Whatsapp em nota.

O bloqueio afeta também a instalação do aplicativo. Se o usuário tenta baixar e instalar o WhatsApp neste momento, não consegue fazer a verificação do número telefone, passo essencial na instalação. O app informa que não consegue se conectar com a internet.

O processo que culminou na determinação de Montalvão é o mesmo que justificou, em março, a prisão de Diego Dzodan, vice-presidente do Facebook, empresa dona do app, para a América Latina. O magistrado quer que a companhia repasse informações sobre uma quadrilha interestadual de drogas para uma investigação da Polícia Federal, o que a companhia se nega a fazer.


Fonte: Folha
Publico por: Pedra Branca News | Publicado | Marcadores , , , | Comentários 0 comentários
Por volta das 21h00 deste domingo (1º), quando os Policiais Militares, que estavam de plantão na Cidade de Pedra Branca (PB), voltaram das rondas ostensivas, depararam-se com a sede do Destacamento arrombada, onde pelo menos um indivíduo adentrou no recinto e furtou um revolver calibre 38 e um notebook, objetos pertencentes aos militares.

De imediato, com o apoio de várias guarnições, a equipe policial iniciou diligencias, e já no início da manhã desta segunda-feira (02), o material furtado já havia sido recuperado e três adolescentes suspeitos foram apreendidos.

O Serviço de Inteligência do 13º Batalhão, de posse de algumas informações, chegou ao menor de 17 anos de idade e iniciais J.L.F.O, com ele a polícia encontrou os objetos furtados sendo que outros dois suspeitos, também menores, foram identificados e apreendidos, todos confessaram a participação na infração. O Conselho Tutelar acompanhou o caso.

O Major Guedes, comandante do 13º BPM, informou que "a arma e o notebook eram propriedades particulares dos PMs e estavam guardados dentro das mochilas, sendo que o infrator revirou os pertences dos militares, mas graças a atuação firme e eficaz do nosso policiamento, o caso foi elucidado, sendo o material recuperado e os acusados detidos".


Fonte: Assessoria
Publico por: Pedra Branca News | Publicado | Marcadores , , , | Comentários 0 comentários
Uma criança de 03 anos veio a óbito na manhã desta segunda-feira (02), entre as cidades de Catingueira e Olho D´água, no Vale do Piancó, no momento, que estava sendo levada para retorno médico em Patos. Ela era natural de Santana dos Garrotes.

Segundo integrantes da equipe do SAMU de Catingueira, quando a menina deu entrada na base do SAMU as 07:15hr estava com parada cardíaca. Enquanto a equipe tentava reanimar a criança, a Unidade de Suporte Avançado (USA) de Piancó ainda foi acionada, porém quando chegaram não conseguiu reanimar a criança.

Ainda segundo a equipe do SAMU, a mãe relatou que ouviu o último suspiro de sua filha na cidade de Olho D´água. A criança sofria de diabetes.

Até o fechamento da matéria o corpo da criança ainda se encontrava na base do SAMU de Catingueira, aguardando o GEMOL.

Fonte: Portal Catingueira
Publico por: Pedra Branca News | Publicado segunda-feira, 2 de maio de 2016 | Marcadores , , | Comentários 0 comentários
A Justiça mandou as operadoras de telefonia fixa e móvel bloquearem o serviço de mensagens instantâneas WhatsApp em todo o país por 72 horas. A medida começará a valer a partir das 14h desta segunda-feira (2). A decisão, de 26 de abril, é do juiz Marcel Montalvão, da comarca de Lagarto (SE).

As cinco operadoras —TIM, Oi, Vivo, Claro e Nextel— já receberam a determinação e informaram que vão cumprir. Em caso de descumprimento, estarão sujeitas a multa diária de R$ 500 mil.

O juiz Marcel Montalvão é o mesmo que, em março, mandou prender o vice-presidente do Facebook para a América Latina, Diego Dzodan. Na época, a decisão ocorreu após a empresa não colaborar com investigações da Polícia Federal a respeito de conversas no WhatsApp em processo de tráfico de drogas.

Uma medida do início de abril deve dificultar ainda mais a colaboração do aplicativo com a Justiça. O WhatsApp adotou a criptografia "end-to-end" (no qual apenas as pessoas na conversa podem ler as mensagens -nem mesmo as companhias podem acessar a comunicação) em todos os seus aplicativos e em mensagens e tipos de arquivos.

Em dezembro, o WhatsApp havia sido bloqueado no Brasil por 48 horas devido a uma investigação criminal. Na ocasião, as teles receberam a determinação judicial com surpresa, mas a decisão não durou 48 horas.

O bloqueio foi uma represália da Justiça contra o WhatsApp por ter se recusado a cumprir determinação de quebrar o sigilo de dados trocados entre investigados criminais. O aplicativo pertence ao Facebook.

Em fevereiro, um caso parecido ocorreu no Piauí, quando um juiz também determinou o bloqueio do WhatsApp no Brasil. O objetivo era forçar a empresa dona do aplicativo a colaborar com investigações da polícia do Estado relacionadas a casos de pedofilia.

A decisão foi suspensa por um desembargador do Tribunal de Justiça do Piauí após analisar mandado de segurança impetrado pelas teles.

Fonte: Folha de São Paulo